Últimas Notícias
recent

O BRASIL NAS COPAS



Por Daniel Nápoli

2006

Pentacampeão mundial, finalista das três últimas edições da Copa, tendo conquistado duas delas, o Brasil foi para o Mundial da Alemanha, como grande favorito ao título, embora tenha tido uma preparação bastante atribulada.

Contando com jogadores como Dida, Cafú, Roberto Carlos, Kaká, Ronaldinho Gaúcho, Ronaldo e Adriano, as partidas seriam para a maioria da torcida e da imprensa mundial meras formalidades até o hexa.

A seleção comandada por Carlos Alberto Parreira, foi a Copa do Mundo com os seguintes atletas:

Goleiros – Dida (Milan-ITA), Rogério Ceni (São Paulo) e Júlio César (Inter de Milão-ITA)

Laterais- Cafú (Milan-ITA), Roberto Carlos (Real Madrid-ESP), Cicinho (Real Madrid-ESP) e Gilberto (Hertha Berlim-ALE)

Zagueiros – Lúcio (Bayern de Munique-ALE), Juan (Bayern Leverkusen-ALE), Luisão (Benfica-POR) e Cris (Lyon-FRA)

Volantes – Émerson (Juventus-ITA), Gilberto Silva (Arsenal-ING), Zé Roberto (Bayern de Munique-ALE) e Mineiro (São Paulo)

Meias – Kaká (Milan-ITA), Ronaldinho Gaúcho (Barcelona-ESP), Juninho Pernambucano (Lyon-FRA) e Ricardinho (Corinthians)

Atacantes – Adriano (Inter de Milão), Ronaldo (Real Madrid-ESP), Fred (Lyon-FRA) e Robinho (Real Madrid-ESP)

A estreia do Brasil na Copa da Alemanha, foi no dia 13 de junho, contra a Croácia, em Berlim. Com dificuldades de furar a marcação crota, os brasileiros chegaram a vitória, com um golaço de Kaká.No dia 18 de junho, em Munique, o confronto foi diante da Austrália, Atuando melhor do que na estreia, o Brasil venceu por 2x0, com gols de Adriano e Fred.

Encerrando a primeira fase, o Brasil atuou no dia 22 de junho, em Dortmundo, contra o Japão, treinado pelo brasileiro Zico. A seleção pentacampeã passou por um susto, ao sair atrás no marcador, mas com um toque de bola envolvento o Brasil não só virou a partida, como goleou por 4x1. Com Ronaldo (duas vezes), Juninho Pernambucano e Gilberto, sendo os autores dos gols.

Ainda em Dortmund, o Brasil enfrentou no dia 27 de junho, Gana, nas oitavas de final. A vitória veio com um 3x0 de autoridade, com gols de Ronaldo, Adriano e Zé Roberto. O tento de Ronaldo, o fez entrar para a história como o maior artilheiro da história das Copas do Mundo (15 gols), recorde que seria batido mais para frente.

Classificado para as quartas de final, o Brasil teria agora pela frente a França, algoz no Mundial de oito anos antes. Era a chance de uma revanche.
Para os brasileiros, o dia 1 de julho tinha tudo para ser marcado como a data em que o Brasil teria sua revanche diante da França, para consagrar definitivamente aquela geração de grandes craques. Embora tenha sido o nome do penta, era a chance de Ronaldo exorcizar  definitivamente, diante do craque francês Zidane, o fantasma da convulsão da decisão da Copa-1998.

Além disso, uma vitória brasileira, significaria a aposentadoria de Zidane, uma vez que o craque havia anunciado que seu último jogo como profissional, concidiria com a derradeira partida francesa naquela Copa.Significaria. Longe de sua melhor forma física, os brasileiros foram engolidos pela experiênzia de Zidane, Henry e demais remanescentes daquela decisão de oito anos antes.

A vitória francesa com um gol de Henry, em meio a um show de bola de Zidane, acabou com o sonho de ver uma seleção cheia de estrelas, faturar a Copa. O pesadelo de 1998 retornava ainda mais forte, fazendo lembrar até mesmo a “tragédia do Sarriá”.

Embora Zidane tivesse sido o principal nome da campanha francesa, acabou também sendo o símbolo da derrota na decisão do Mundial de 2006, ao perder a cabeça e ser expulso, após agredir o zagueiro italiano Materazzi.
Assim como em 1982, quando o futebol arte brasileiro sucumbiu, a Itália acabou como a campeã. Embora cheia de tradição, de maneira pragmática e desacreditada em meio a uma nova crise em seu futebol, envolvendo manipulações de resultados em suas ligas, levou o tetra.



Moura Nápoli

Moura Nápoli

Nenhum comentário:

Postar um comentário

VINÍCIUS BERGANTIN ACERTA COM A INTER DE LIMEIRA

TREINADOR ACERTA COM CLUBE DE LIMEIRA PARA A TEMPORADA 2021 O treinador Vinícius Bergantin, que ficou no Ituano Futebol Clube por mais de ...

OS GRANDES PARCEIROS

OS GRANDES PARCEIROS
Tecnologia do Blogger.