Últimas Notícias
recent

DEFINIDOS OS CONFRONTOS DAS QUARTAS DE FINAL DA COPA DO MUNDO DE 2018



Por Daniel Nápoli

França x Uruguai

Nesta sexta-feira (06), começa a fase de quartas de final da Copa do Mundo da FIFA 2018, com dois jogos. O primeiro deles, acontece às 11h (horário de Brasília), em Nizhny Novgorod. Em um duelo de campeões, França x Uruguai disputarão uma vaga na semi.

O confronto será marcado pelo encontro de técnicos recordistas. De um lado, o francês Didier Deschamps. Capitão da França campeão mundial de 1998, o atual comandante dos Bleus tornou-se na vitória diante da Argentina por 4x3, pelas oitavas de final do Mundial, o treinador com mais jogos a frente do selecionado (80).

Do outro lado o uruguaio Óscar Tabarez (foto) é ainda mais longevo. Em sua quarta Copa do Mundo  no comando da Celeste, El Maestro é o treinador com mais jogos à frente de uma seleção na história (188). Em caso de eliminação, a partida poderá ser a última dde Tabarez na carreira. Embora não sinalize uma saída, por conta de uma doença degenerativa descoberta há dois anos (Síndrome de Guillan-Baré), o técnico deve se afastar para tratamento.

Outro duelo interessante na partida, será entre Kylian Mbappé e Luis Suárez. Enquanto o francês já anotou três gols neste Mundial, sendo dois deles nas oitavas diante da Argentina, o uruguaio que ostenta sete gols em Copas do Mundo, sendo dois deles na atual edição. Promessa de um grande jogo.

Brasil x Bélgica

Após 16 anos, as duas seleções voltam a se encontrar em uma partida de Copa do Mundo, às 15h, em Kazan. Em 2002, ano do penta, o Brasil venceu a Bélgica pelas oitavas de final por 2x0, gols de Rivaldo e Ronaldo, em Kobe, no Japão.

Comandado por Tite, o Brasil aposta na evolução das atuações de seus jogadores, principalmente de Neymar (foto), para levar os brasileiros até a semifinal.

Já a Bélgica, quer voltar a exibir o bom futebol apresentado nas eliminatórias e também na fase de grupos do Mundial, para quem sabe eliminar a seleção pentacampeã mundial e retornar a uma semifinal de Copa depois de 32 anos. Eden Hazar e Lukaku são os nomes que devem dar trabalho para a zaga brasileira.

Rússia x Croácia

Empolgada. Assim está se sentindo a dona da casa Rússia na Copa do Mundo de 2018. Após a histórica classificação nos pênaltis diante da Espanha, os russos esperam fazer uma partida de igual para igual contra a Croácia (neste sábado (07), às 15h, em Sochi)que teve extrema dificuldade para avançar no duelo frente a Dinamarca, também em disputa por pênaltis, nas oitavas de final.

Artem Dzyuba (foto), atacante russo artilheiro do país no Mundial com três gols é a esperança dos anfitriões de retornar a uma semifinal de Copa do Mundo. A única vez em que isso ocorreu, ainda sob o nome de União Soviética, foi na edição de 1966, disputada na Inglaterra, quando terminou em quarto lugar.

Já os crotas, tem como grande destaque, o meia Luka Modric, que esperava dar a volta por cima, após o susto no confronto diante da Dinamarca, quando desperdiçou um pênalti na prorrogação, que por pouco não custou a vaga croata para as quartas de final.

Após deixar a sua marca na disputa das penalidades máximas, o jogador espera ter deixado a má atuação para trás para seguir na luta por uma presença inédita na decisão do torneio. Para isso, terá de passar pelos donos da casa e depois buscar superar ou Suécia ou Inglaterra.

Suécia x Inglaterra

Um confronto de retornos. Assim podemos definir a partida entre suecos e ingleses, marcada para sábado (07), às 11h, em Samara. De volta a fase de quartas de final após 24 anos de ausência, a Suécia começa a pensar em voos mais altos. Depositando suas esperanças em Andreas Granqvist, os suecos já vislumbram até um retorno à decisão de uma Copa do Mundo. A primeira e única vez que jogou uma final de Mundial, foi em casa, há 60 anos.

Pelo lado da Inglaterra, o fim de um tabu, lhe motivo para o confronto. Depois de vencer pela primeira vez uma disputa por pênaltis em uma Copa do Mundo (diante da Colômbia), os ingleses esperam embalar no torneio. Para isso, apostam no artilheiro do torneio até o momento, Harry Kane, com seis gols.

Curiosamente, a única vez em que as seleções se enfrentaram em Copas, foi no Mundial de 2002, disputado na Coreia do Sul e no Japão, quando, pela fase de grupos, empataram por 1x1. Na ocasião,  o atual treinador do English Team, Gareth Southgate (foto), esteve em campo, atuando na zaga.






Moura Nápoli

Moura Nápoli

Nenhum comentário:

Postar um comentário

JULIANA RIBEIRO É O NOVO REFORÇO DO VERA CRUZ CAMPINAS

ATLETA DEFENDEU NESTE ANO A SODIÊ DOCES/MESQUITA/LSB RJ   Por Daniel Nápoli Nesta segunda-feira (20), o Vera Cruz Campinas anunciou a ...

OS GRANDES PARCEIROS

OS GRANDES PARCEIROS
Tecnologia do Blogger.