Últimas Notícias
recent

ÉDER JOFRE INAUGURA HALL DA FAMA DO ESPORTE NA CIDADE DE SÃO PAULO


SOLENIDADE OCORREU NO CENTRO OLÍMPICO DE TREINAMENTO E PESQUISA

Nesta segunda-feira (25), a Secretaria Municipal de Esportes e Lazer de São Paulo, promoveu na quadra do Centro Olímpico de treinamento e Pesquisa (COTP), na capital paulista, uma homenagem ao ex-pugilista Éder Jofre, campeão mundial peso-pena e peso galo, tendo em seu cartel 81 lutas, sendo 75 vitórias (52 por nocaute), 4 empates e 2 derrotas, feitos alcançados entre os anos de 1957 e 1976.

Conhecido com o “Galo de Ouro”, na solenidade, Éder reconhecido como um dos maiores boxeadores de todos os tempos, tornou-se o primeiro nome a integrar o Hall da fama do Esporte da cidade de São Paulo.

Estiveram presentes no evento, outros nomes do boxe nacional e internacional, como Miguel de Oliveira (campeão mundial), Servílio de Oliveira (medalhista olímpico), Sidney Dal Rovere, entre outros.
“Homenagem mais do que justa, pois o Éder Jofre é o Pelé do boxe brasileiro, um grande orgulho para o nosso país, mas especialmente para nós paulistanos. Inauguramos o Hall da Fama dos atletas paulistanos tendo a clara consciência que o esporte é feito para pessoas e por pessoas. Essa homenagem foi realizada para que o exemplo, o legado do Eder Jofre se perpetuem, para que um tanto de garotos e garotas, que estão começando agora, possam se inspirar na carreira e na história vencedora do Galo de Ouro”, destaca Carlos Bezerra Junior, secretário Municipal de Esportes de São Paulo, idealizador do Hall da Fama.

Servílio de Oliveira também falou a respeito da solenidade. “Quero parabenizar a Secretaria Municipal de Esportes de São Paulo por homenagear o nosso maior expoente do boxe. Éder, que no dia 18 de novembro de 1960 ganhou o seu primeiro título mundial para o Brasil, servindo de exemplo e inspiração para diversos brasileiros que vieram a seguir”, comentou Servílio.

“Temos que agradecer ao Éder Jofre pelo que fez e foi no boxe nacional, além disso, pela inspiração que me deu; foi por isso que comecei a treinar e a lutar boxe, chegando ao título mundial. Isso tudo, eu terei sempre que agradecer  ao Éder, pois sempre serei seu admirador”, falou Miguel de Oliveira.

Colaborou nesta matéria o jornalista Frederico Batalha/ASE

Foto – Jorge Bevilacqua/ASE


Moura Nápoli

Moura Nápoli

Nenhum comentário:

Postar um comentário

ITUANO BASQUETE FAZ A LIÇÃO DE CASA E VENCE SOROCABA

GALO VOLTOU A VENCER. FEZ A LIÇÃO DE CASA E CORRESPONDEU AS EXPECTATIVAS Na tarde do domingo (22), o Ituano Basquete recebeu o Pró-Esporte...

O GRANDE PARCEIRO

Tecnologia do Blogger.