Últimas Notícias
recent

HÁ DEZ ANOS, SANTO ANDRÉ ERA CAMPEÃO DA PRIMEIRA EDIÇÃO DA LBF

AO MOMENTO DO ESPORTE, ARILZA CORAÇA RECORDA CONQUISTA HISTÓRICA



Por Daniel Nápoli

Há exatamente dez anos, no dia 27 de fevereiro de 2011, o Santo André conquistava o título da primeira edição da história da Liga de Basquete Feminino (LBF), ao vencer a equipe do Ourinhos por 65 x 49, no Ginásio Linneu de Moura, em São José dos Campos. Diferente de anos posteriores, na temporada inaugural, a decisão pelo título foi em jogo único.

A equipe comandada pela saudosa Laís Ele Aranha da Silva (foto abaixo) tinha em seu elenco com nomes como Simone Lima, Sassá Gonçalves e Ariadna Felipe, que em 2021, integram a equipe andreense que se prepara para mais uma edição da LBF.


Ariadna, aliás, maior cestinha da história da competição (2740 pontos), foi a MVP da edição inaugural da LBF, na temporada 2010/2011. O time andreense foi premiado também com Laís Elena, eleita a melhor treinadora daquela competição.

Integrante da comissão técnica campeã nacional há dez anos, Arilza Coraça agora técnica da equipe, era a assistente de Laís Elena em 2011 e relembra a conquista ao Momento do Esporte.

“Em relação a esse título são muitas lembranças boas, onde todas as situações são lembradas. Ourinhos tinha  ma equipe fortíssima e a disputa já começou fora da quadra, pois as duas equipes queiram jogar de amarelo”, recorda.


Arilza acrescenta dizendo que insistiu para que Santo André jogasse de amarelo, pois havia tido um sonho premonitório. “A Laís não entendia porque que eu estava brigando tanto para que nós jogássemos de amarelo. É que eu tinha tido um sonho, mas um sonho que foi uma premonição, eu já tinha visualizado a equipe comemorando o título e nós vestindo o uniforme amarelo. Mas aí nós fomos para um sorteio e realmente Santo André venceu o sorteio e nós jogamos de amarelo e fomos campeãs.”


A atual comandante andreense analisa a conquista que completa uma década. “Eu acho que foi uma competição muito equilibrada e foi um título que marcou, porque foi a primeira competição que teve e também foi de Santo André a primeira cesta da competição da LBF, com a Simone Lima. Foram vários fatos que marcaram, mas só lembranças boas, atletas maravilhosas, uma equipe de trabalho muito unida e respeitosa. “

Fizeram parte da equipe campeã os seguintes nomes: Ariadna Felipe, Simone de Lima, Paula Pacheco,  Sassá Gonçalves, Cacá Martins, Luciane Moscaleski, Ega, Tayara Pesenti, Fabiana Guedes, Jéssica Beatriz, Micaela Jacinto, Katia Cavallaro e Kláudia Kalinin(atletas); Laís Elena Aranha da Silva (técnica), Arilza Coraça (assistente técnica) e Adriana Amado (preparadora física).


Na primeira foto deste post, que mostra as atletas e comissão técnica festejando a conquista, estão as mascotes Maria Elisa e Marina Magini. Atualmente, Maria Elisa está com 16 anos tendo sido campeã paulista sub-13 e sub-14 pelo Santo André/APABA, enquanto sua irmã Marina, atuou pelo Sub-13 e em 2021 defenderá a equipe andreense sub-14.  


Fotos - Jorge Bevilacqua/Divulgação

 

 

Moura Nápoli

Moura Nápoli

Nenhum comentário:

Postar um comentário

JULIANA RIBEIRO É O NOVO REFORÇO DO VERA CRUZ CAMPINAS

ATLETA DEFENDEU NESTE ANO A SODIÊ DOCES/MESQUITA/LSB RJ   Por Daniel Nápoli Nesta segunda-feira (20), o Vera Cruz Campinas anunciou a ...

OS GRANDES PARCEIROS

OS GRANDES PARCEIROS
Tecnologia do Blogger.