Últimas Notícias
recent

PALMEIRENSES COMENTAM CONQUISTA DA LIBERTADORES E EXPECTATIVA PARA O MUNDIAL

MOMENTO DO ESPORTE OUVIU TRÊS JORNALISTAS AMANTES DO VERDÃO, QUE FALAM SOBRE AS CHANCES DE UM TÍTULO HISTÓRICO


Por Daniel Nápoli

Neste domingo (7), às 15h (horário de Brasília), no Catar,  o Palmeiras entrará em campo diante do Tigres-MEX, pela semifinal do Mundial de Clubes 2020.

Uma semana após a conquista do bicampeonato da Libertadores da América, o Momento do Esporte traz depoimento de três jornalistas que compartilham a paixão pelo Verdão.

Victor Chimenez,  Jéssica Corsi e Jéssica Ferrari comentam sobre a conquista da competição continental e a expectativa para a disputa do Mundial. Confira!

 

Jéssica Corsi, 33 anos, jornalista


“Em 99 (na conquista da primeira Libertadores), eu era criança, mas chorei como adulta  desesperada , sentada no sofá da minha casa. Era a final da Libertadores . Eu, uma criança que achava que entendia a tragédia  que seria se o time não fosse campeão naquela hora . Eu sabia rezar . Foi o que fiz . O time foi campeão! Quanta emoção . Vi o reinado do futebol , daquela época , celebrar a glória da América . Uma disputa de pênaltis para ficar na memória. O palco foi nossa casa e tudo foi perfeito .

Já esse ano, o espetáculo se rendeu a uma projeção maior , o ‘Maraca’ foi nosso . Dessa vez chorei também e ainda acabei com minha voz , ao entoar mil vezes (quase) o grito de campeão . De novo (risos).

Mágico , essa é a palavra, mágico . Comemorei como criança, mas com a sabedoria de uma adulto , com tudo o que aprendi do esporte, em minha profissão .

Antes já dava valor e apreço a todo elenco, vi estrelas que ficarão para sempre na memória do meu time, por gerações. Agora , não é diferente . Meu Palmeiras é referência e é o sinônimo da construção gigantesca que vem construindo ao longo do tempo. Palmeiras vem se sagrando campeão de quase todas as competições que vai a final .

Nessa altura da vida , só tenho a agradecer por poder ver tudo isso e ainda ver novamente, a disputa do mundial . Confiante e acreditando em mais esse título. Vamos selar o que tanto esperam de nós ! O mundo vai saber quem é a Sociedade Esportiva Palmeiras. Avanti Palestra!”


Victor Chimenez, 36 anos, jornalista


“Aguenta coração!!! Nem sei quantas vezes eu disse essa frase durante a final.

Não poderia ser mais gostoso, comemorar uma vitória tão desejada e ainda no último minuto de jogo.

Foi uma conquista que me leva a diversas conclusões: venceu o time mais organizado, o time mais concentrado, mais aguerrido e que é preciso muito foco, trabalho e humildade para chegar as grandes conquistas.

Um time que conhece suas limitações, mas também consciente que o trabalho em equipe, a união e o planejamento são essenciais para alcançar os objetivos.

Vejo que a conquista da Libertadores de 2020  traduz muito isso tudo, que é necessário planejamento, investir na base e valorizar um conceito de jogo.

Acredito que a temporada do Palmeiras não foi perfeita, pois tivemos muitos erros de cálculo, inclusive contratando um técnico errado para um momento de mudança.

Ainda bem que esse erro de rota foi refeito e contrataram uma equipe de profissionais competentes, estudiosa e com um pensamento de jogo que valoriza o conjunto, a tática e principalmente um conceito de jogo europeu que surtiu efeito no modo de jogar do time, resgatou jogadores antes esquecidos e aperfeiçoou principalmente os jogadores de base.

Acho que o maior ganho do Palmeiras nessa temporada foi exatamente esse: a valorização da base multicampeã nos últimos anos e um trabalho que moldou um modo de jogar, um jogo que valoriza a organização dentro de campo e a tática.

Referente ao Mundial, como bom palmeirense que sou não grito vitória antes da hora. Acredito muito no título.

Mesmo assim, vejo um torneio muito difícil, ainda mais se for pra final com o Bayern de Munique, mas com humildade, foco, fé e muito trabalho acredito no título.

Avanti Palestra!!!”

 

Jéssica Ferrari, 30 anos,  jornalista


“Conquistar essa Libertadores foi mais uma confirmação de que o Palmeiras é um time forte, e que está preparado para brigar por qualquer título, inclusive o Mundial de Clubes do Catar. Essa sequência de triunfos que o Verdão vem tendo nos últimos anos com a Copa do Brasil 2015, o Brasileiro 2016 e 2018, o Paulista 2020 e agora a conquista da América - vencendo equipes rivais temidas - faz com que os torcedores se sintam confiantes para essa nova missão.

Esse grupo está unido, têm entrosamento, vontade de vencer e técnica para isso. Temos uma grande lista de ótimos jogadores, opções que podem fazer a diferença em campo e que estão motivados para mostrar que o futebol brasileiro sempre terá que ser respeitado. E também estamos numa vibração muito boa! Toda a torcida alviverde está enviando energias positivas para o time, ainda mais nesse período em que estamos vivendo, precisando nos apegar à esperança de dias melhores.

 Acredito que mantendo o foco no título, jogando com essa mesma garra, acreditando que podemos jogar de igual para igual com equipes como o Bayern, vamos sim alcançar mais uma vitória épica para nossa história. Claro que temos uma pressão grande sob os ombros, mas não podemos deixar isso atrapalhar, temos que pensar em jogar bola! O futebol pode sempre surpreender e o jogo só termina quando o juiz apita, então tudo é possível. Se não tivéssemos capacidade de vencer, não estaríamos nesse Mundial.

Estou muito ansiosa para a estreia do Palmeiras na competição, depositando muita fé no trabalho do técnico Abel Ferreira. Quero muito celebrar mais uma conquista do meu Verdão ao lado do meu filho (Joaquim). Se vencermos mesmo essa primeira etapa, vai ser difícil nos segurar. Avanti Palestra! “


Fotos – Arquivo pessoal


Moura Nápoli

Moura Nápoli

Nenhum comentário:

Postar um comentário

JULIANA RIBEIRO É O NOVO REFORÇO DO VERA CRUZ CAMPINAS

ATLETA DEFENDEU NESTE ANO A SODIÊ DOCES/MESQUITA/LSB RJ   Por Daniel Nápoli Nesta segunda-feira (20), o Vera Cruz Campinas anunciou a ...

OS GRANDES PARCEIROS

OS GRANDES PARCEIROS
Tecnologia do Blogger.