Últimas Notícias
recent

TORCEDORAS FALAM DE EXPECTATIVA PARA A FINAL DA LIBERTADORES

BRUNA RAMIREZ E NICOLE BERNARDI COMENTAM PAIXÃO POR SEUS CLUBES E O QUE ESPERAM DA DECISÃO

 


Por Daniel Nápoli

Santos x Palmeiras protagonizarão a terceira final brasileira da história da Copa Libertadores da América da temporada 2020, neste sábado (30), às 17h, no Estádio do Maracanã, no Rio de Janeiro. O Peixe tenta o seu quarto título na competição, enquanto o Verdão, lutará por sua segunda conquista.

O Momento do Esporte conversou com uma torcedora do Santos e uma do Palmeiras, que comentaram sobre a paixão por seus clubes e a expectativa para a grande decisão, que dará vaga ao vencedor para o Mundial de Clubes, que será disputado em fevereiro, no Catar.

Estudante de Nutrição, Bruna Ramirez de 32 anos nasceu e cresceu em uma família de palmeirenses, mas seu coração bate mais forte pelo Santos. “Eu nunca me identifiquei com o time, com 13 anos eu resolvi realmente escolher um time pra torcer, acabei escolhendo o Santos, e foi bem na época do Robinho com o Diego, me apaixonei pelo time, as cores, o hino e a história.”, revela.

Bruna recorda com emoção a conquista do tricampeonato da Libertadores, em 2011. “Foi muita emoção, nos reunimos na casa de um dos irmãos do Luciano (seu esposo), tinha umas dez pessoas torcendo, minha sogra vinha de tempos em tempos pra ver se ninguém estava passando mal (hahaha), mas vencemos, foi muito incrível.”

Sobre a decisão deste sábado, a estudante revela que será uma emoção diferente, “afinal, um combate direto com o time da minha família.”


Já a estudante de Administração Pública, Nicole Bernardi de 20 anos, nasceu e cresceu em uma família palmeirense e ao contrário de Bruna, seguiu a tradição da família.

“Meu amor pelo clube se iniciou de maneira muito natural. Por ser metade brasileira e metade italiana, sempre tive o amor verde branco e vermelho dentro de mim”, explica.

“Pensar em Palmeiras é trazer de volta as minhas origens, é relembrar entes queridos que já nos deixaram, é reviver momentos inesquecíveis que esse time já proporcionou a mim e toda minha família. É muito mais que um esporte, é um amor inexplicável”, acrescenta Nicole.

Sobre a decisão da Libertadores, a palmeirense comenta que a expectativa é “roer muita unha, gritar até ficar rouca e chorar até desidratar. Já sobre o jogo, estou otimista. Tenho confiança no time e estou muito satisfeita com o trabalho que o Abel vem fazendo.Estou contando os segundos para esse grande espetáculo. Avanti Palestra!”, conclui.


Fotos – Arquivo pessoal

 

Moura Nápoli

Moura Nápoli

Nenhum comentário:

Postar um comentário

ESQUENTANDO A CHAPA PARA ITUANO x BOTAFOGO

O PROGRAMA FALA DA ÚLTIMA RODADA DA PRIMEIRA FASE, COM ÊNFASE A ITUANO x BOTAFOGO Na tarde do sábado (25), acontece a última rodada da pri...

OS GRANDES PARCEIROS

OS GRANDES PARCEIROS
Tecnologia do Blogger.