Últimas Notícias
recent

A SEMIFINAL DA LIBERTADORES, POR SEUS TORCEDORES

AO MOMENTO DO ESPORTE CONVERSOU COM UM SANTISTA, UMA PALMEIRENSE, UM  MILLIONÁRIO E UM XENEIZE, PARA SABER A EXPECPATIVA PARA OS CONFRONTOS

Por Daniel Nápoli

Na próxima semana, tem início a fase semifinal da Copa Libertadores da América da temporada 2020. Na terça-feira (5), no Monumental de Nuñez, em Buenos Aires, na Argentina, entram em campo River Plate x Palmeiras e na quarta-feira (6), também na capital argentina, mas em La Bombonera, Boca Juniors x Santos medirão forças.Os jogos de volta estão marcados para os dias 12 (Palmeiras x River Plate) e 13 (Santos x Boca Juniors).

O Momento do Esporte conversou com um torcedor de cada equipe semifinalista da competição, para saber a expectativa dos mesmos para os confrontos que definirão os finalistas da Libertadores 2020.

Torcedor do River Plate, o comerciante Daniel Navarro de 47 anos,  comenta. “. Não foi uma temporada normal, mas a sensação, a expectativa é boa, que vamos chegar na final da Copa Libertadores. Os torcedores do River estão muito confiantes.”

“Sobre a semifinal contra o Palmeiras, nós sentimos confiança  pelo que transmite a equipe e o técnico. Não é soberba, mas sim confiança. A equipe transmite isso, sabe que se está bem, é muito difícil ganhar do River. O rival que tem em frente não importante muito, sempre respeitando muito. A confiança que gera pela capacidade que tem.”, destaca.

O comerciante, no entanto, pede calma. “Não vai ser fácil. O Palmeiras é uma boa equipe, mas é a sensação que temos. Dará tudo em campo para passar.”

Daniel aproveita ainda para enaltecer o técnico da equipe, Marcelo Gallardo. “Chegou e revolucionou tudo, sua forma de trabalhar, como mudou a cabeça dos jogadores para enfrentar as partidas. Em nível local sempre ganhou títulos, mas faltava o cenário internacional (ganhou a Libertadores de 2015 e 2018, a Sul-Americana de 2014 e a Recopa Sul-Americana de 2015) .Não há palavras para descrever a importância dele para o clube e a torcida”.

Do outro lado, está a jornalista Beatriz Facchini de 27 anos, que para os duelos, diz tentar “manter o pé no chão”,  recordando uma outra semifinal, a de 2018, diante de um outro argentino. “Vivi a última semifinal de Liberta lá no Allianz, contra o Boca Juniors, e acho que a gente tem que ter muita calma na hora de avaliar, sabe?”.

Mesmo com cautela, Beatriz não deixa de enaltecer. “Eu estou  muito confiante com a chegada do Abel (Ferreira, técnico) e acredito que a campanha que estamos fazendo está em um excelente caminho. Acredito que ele resgatou a esperança não só do torcedor, como a do time que já estava bem desgastada, a identidade de grupo inclusive estava perdida.”

A jornalista acrescenta. “Fico feliz de ver resultado de jogadores como o Raphael Veiga, por exemplo, que pareciam desacreditados. Espero muito que a gente demonstre essa nova força em campo contra o River e, mesmo sem torcida, possamos trazer essa Libertadores pra gente”.

O auxiliar de cozinha e estudante de Direito, Paulo Sorrentino de 30 anos, torcedor do Boca Juniors, exalta o duelo. “Muitos de nós  amantes do futebol, sabemos o  que o Santos representa pelo Brasil e o Boca pela Argentina. E os dois na Libertadores, são duas das melhores potências da América do Sul e do futebol mundial. Pela retrospectiva, o Boca já foi inferior em uma época em que o Pelé comandava o Santos e em 2003 teve a famosa revanche  em que o Boca foi campeão no Brasil.”

“Em plena pandemia (de Covid-19), nenhum torcedor sabia o que o time poderia render, porque querendo ou não a pandemia acabou interferindo em muitos aspectos e no futebol também, mas times como Santos e Boca Juniors que tem a camisa pesada, tem nome, com certeza iriam longe e não deu outra. Teremos um novo confronto épico”, destaca Paulo.

“Como torcedor fanático, estou botando uma fé enorme no Boca, mas o Santos virá com tudo pra cima”, acredita Sorrentino.

O artista plástico Luciano Luz de 47 anos, antes de comentar sua expectativa para a semifinal, enaltece seu clube de coração. “O Santos é um milagre. Você tem um time fora da capital,  com um estádio pequeno, difícil para as pessoas se locomoverem até lá, pois passa por muitos pedágios, não tem ajuda das grandes emissoras e você vê ali um dos maiores times do mundo, que teve o maior jogador do mundo (Pelé). “.

Luciano acrescenta que o clube está “sempre se reinventando. Sempre aparece alguém. Com todo o problema financeiro que tem, consegue chegar nas finais de Brasileiros, Paulistas e em sua maior crise em 2020, está na semifinal da Libertadores.Sem poder contratar jogadores, com treinador e atletas tendo Covid, com elenco enxuto, o Santos consegue mesclar talentos em trocas improváveis com sua base, que é um trunfo eterno desde o tempo do Pelé, é uma tradição”

Luz analisa a situação da equipe na competição continental. “Nessa reta final a gente percebe um Santos que não dá para se dedicar a todos os campeonatos pela situação em que se encontra, então tem que pensar num foco só, e está dando certo isso na Libertadores. Eu acredito que uma dessas fórmulas é a energia dos jovens jogadores. Já pratiquei esportes, basquetebol e jogo até hoje e posso dizer com propriedade que jogar com moleque novo é difícil, é muito difícil, porque eles tem muita energia e talento é o que não falta.”

O artista plástico segue com sua análise. “Imagina você jogar um segundo tempo, sendo experiente contra moleques que estão com energia!? Esse vem seno o segredo. Soteldo e Marinho são os melhores jogadores e suas posições no país hoje em dia. Junta isso com a base, o próprio goleiro (Jhonathan), pessoas que amam o seu clube. É um fator muito grande que o Santos tem é seu nome. Tem respeito. “

Luciano aproveita para deixar um recado. “O Boca que aguarde. Pode pensar que pelo Santos ter muitos moleques vai ser mais fácil, mas conhecemos a história de Davi e Golias. Quando você se acha superior, você pode levar uma pedrada na cabeça ou uma bola no ângulo (risos).”

Fotos- Divulgação

Moura Nápoli

Moura Nápoli

Nenhum comentário:

Postar um comentário

AS MELHORES FOTOS DE ITUANO x BOTAFOGO

O EMPATE ENTRE ITUANO E BOTAFOGO EM 0x0 CONSOLIDOU A VICE-LIDERANÇA DO GALO NA PRIMEIRA FASE Na tarde/noite do sábado (25), o Ituano recebeu...

OS GRANDES PARCEIROS

OS GRANDES PARCEIROS
Tecnologia do Blogger.