Últimas Notícias
recent

NIKITA MAZEPIN É ACUSADO DE ASSÉDIO SEXUAL

PILOTO RUSSO, RECENTEMENTE FOI ANUNCIADO PARA DISPUTAR A TEMPORADA 2021 DA FÓRMULA 1


Por Daniel Nápoli

Na semana em que Robinho foi condenado em segunda instância, na Itália, por violência sexual, o esporte vê mais um atleta ganhar espaço nos noticiários, de maneira negativa.

Anunciado  na semana passada como piloto da equipe Haas para a temporada 2021 da Fórmula 1, o russo Nikita Mazepin é acusado de assédio sexual, após publicar um vídeo, posteriormente deletado por ele mesmo, em que aparece sendo repelido por uma mulher, após tentar colocar as mãos nos seios da jovem. Nas imagens, o piloto estava acompanhado em um carro com outros amigos.

O vídeo, como não poderia ser diferente, repercutiu, “viralizando” nas redes sociais. O caso revoltou os fãs da categoria em todo o mundo, sendo realizados abaixo-assinados pedindo a demissão de Mazepin.

Em suas redes sociais, Nikita se pronunciou. “Eu gostaria de me desculpar pelas minhas ações recentes em relação ao meu comportamento inapropriado e o fato de que ele foi expostos nas redes sociais. Sinto muito peça ofensa que causei diretamente e pelo constrangimento que trouxe para a Haas. Eu tenho que me manter em um alto padrão como piloto de Fórmula 1 e reconheço que decepcionei a mim próprio e muitas pessoas. Prometo que vou aprender com isso”.

Não é a primeira vez, que Mazepin se envolve em polêmicas. Em 2016, o piloto foi banido de uma corrida da Fórmula 3, após dar um soco no britânico Callum Ilott, em decorrência de um desentendimento na pista.

Já no mês passado, Nikita fez uma publicação na internet, “parabenizando” a Covid-19 pelo “aniversário” de um ano do primeiro caso da doença.

Em suas redes sociais, a Haas se pronunciou, dizendo não apoiar o comportamento de Mazepin no vídeo, dizendo ter repugnante para a equipe tal ato, acrescentando que “o assunto está sendo tratado internamento e nenhum comentário adicional será feito neste momento”.

A Fórmula 1 e a FIA (Federação Internacional de Automobilismo) também se pronunciaram. “Apoiamos fortemente a Haas F1 Team em sua resposta às recentes ações inadequadas de seu piloto, Nikita Mazepin.”

Ainda de acordo com a nota os “princípios éticos e a cultura diversificada e inclusiva de nosso esporte são de extrema importância para a FIA e a Fórmula 1”.

A mulher que se encontrava no vídeo, foi identificada como a modelo Andrea D’Ival, que em suas redes sociais, disse ser uma amiga de longa data de Mazepin, alegando que foi ela que compartilhou as imagens nas redes sociais do piloto.

“Confiamos muito um no outro e esta foi uma brincadeira entre nós. Publiquei o vídeo dele em jeito de brincadeira. Lamento muito. Posso dar a minha palavra de que ele é realmente uma boa pessoa e que nunca faria nada para me magoar ou humilhar”.

Mesmo após a declaração, os fãs da Fórmula 1 seguiram revoltados e pressionando pela demissão do piloto. Caso a Haas não tome uma atitude neste caminho, a própria Fórmula 1 e a FIA serão contestadas e terão suas imagens muito arranhadas, já que os valores que pregam, passaram a ser “apenas palavras de marketing” e não atitudes de fato.

 

Foto – Dan Istitene/Fórmula 1 via Getty Images

 

Moura Nápoli

Moura Nápoli

Nenhum comentário:

Postar um comentário

JORNALISTAS OPINAM SOBRE PROPOSTA DE ALTERAR PERÍODO DE REALIZAÇÃO DA COPA DO MUNDO

AO MOMENTO DO ESPORTE, ALEX FERREIRA, JÉSSICA CORSI E VANDER LUIZ ROSA ANALISAM Por Daniel Nápoli Há meses, a FIFA criou um grupo para e...

OS GRANDES PARCEIROS

OS GRANDES PARCEIROS
Tecnologia do Blogger.