Últimas Notícias
recent

CORRIDA “MALUCA” TERMINA COM VITÓRIA INÉDITA DE PIERRE GASLY

 FOI A PRIMEIRA VITÓRIA DE UM FRANCÊS NA FÓRMULA 1, DESDE OLIVIER PANIS, EM 1996


Por Daniel Nápoli

Uma corrida “maluca”. Assim pode ser definido o GP da Itália deste domingo (06), disputado em Monza, válido pela oitava etapa da temporada 2020 da Fórmula 1, que terminou com a vitória de Pierre Gasly (FRA), da Alpha Tauri (ITA).

Após a melhor volta de todos os tempos nos treinos de classificação, em que largou na pole position, parecia que o hexacampeão mundial Lewis Hamilton caminharia para mais uma vitória tranquila. Até que, após Charles Leclerc (MON) perder o controle de sua Ferrari, sair da pista e bater na barreira de pneus, forçar a entrada do safety-car e de maneira errônea, a Mercedes chamou Hamilton para trocar os pneus.

A chamada para os boxes, ocorreu quando este se encontrava fechado o  que causou uma punição de dez segundos (com uma nova parada nos boxes), mesma punição sofrida por Antonio Giovinazzi (ITA), da Alpha Romeo.

Enquanto a barreira de pneus necessitava de reparos, a prova foi suspensa e após a relargada, pagada a punição de Hamiltion, foi vista uma outra corrida, uma improvável corrida, com Pierre Gasly, que havia largado em 10º e se aproveitando das circunstâncias e de trocas simultâneas de pneus, acabou assumindo a ponta na 29ª volta para não mais largar, suportando a pressão do segundo colocado, Carlos Sainz (ESP), da McLaren, para vencer pela primeira vez em sua carreira na categoria. Lance Stroll (CAN), da Racing Point, completou o pódio.

Gasly tornou-se o 109º piloto diferente a vencer uma corrida na categoria, garantindo aidna o primeiro triunfo da França desde Olivier Panis, no GP de Mônaco de 1996 e a primeira vitória da Alplha Tauri, na história.

Ainda na improvável corrida, Valtteri Bottas (FIN), teve problemas com sua Mercedes, desde a largada, terminando em quinto lugar, duas posições à frente de Hamilton. Já o então vice-líder da temporada, Max Verstappen (HOL), não completou a prova, em um final de semana ruim com sua Red Bull.

Com o resultado da prova, a liderança do mundial de pilotos segue com Lewis Hamilton, que soma 164 pontos, contra 117 do vice-líder Valtteri Bottas. Em terceiro, agora está Max Verstappen, com 110 pontos.

No mundial de construtores, a Mercedes (ALE) se manteve na ponta, com 281 pontos, seguida da Red Bull (AUT), que soma158 pontos e da McLaren (ING), que possui 98 pontos.

A temporada 2020 da Fórmula 1 retorna no próximo domingo (13), com o GP da Toscana,que será disputado em Mugello, na Itália.

Foto: Bruno Luco/Reuters

Moura Nápoli

Moura Nápoli

Nenhum comentário:

Postar um comentário

ITUANO BASQUETE VENCE O SESI ARARAQUARA PELO CAMPEONATO PAULISTA 2021

GALO SOMA QUATRO VITÓRIAS EM QUATRO JOGOS PELA COMPETIÇÃO Por Daniel Nápoli  Neste domingo (26), no Ginásio Municipal Prudente de Morae...

OS GRANDES PARCEIROS

OS GRANDES PARCEIROS
Tecnologia do Blogger.