Últimas Notícias
recent

O FIM DE UMA ERA NA WILLIAMS

APÓS VENDA PARA GRUPO DE INVESTIMENTOS, CLAIRE WILLIAMS DEIXARÁ COMANDO DA EQUIPE

Por Daniel Nápoli

Nesta quinta-feira (3), a chefe de equipe da Williams, Claire Williams, filha de Frank, um dos fundadores da escuderia ao lado de Patrick Head, anunciou que deixará o comando do time após a realização do GP da Itália de Fórmula 1, que será disputado neste domingo (6), em Monza.

A decisão foi tomada após a venda da equipe para o grupo norte-americano de investimentos Doilton Capital, que já anunciou a manutenção do nome de uma das equipes mais vitoriosas da categoria máxima do automobilismo mundial.

Com isso, após a etapa italiana, pela primeira vez desde a fundação da equipe, em 1966, a escuderia deixará de contar com um membro da Família Williams.

“É com o coração pesado que estou me afastando do meu papel na equipe. Esperava continuar minha gestão por muito tempo no futuro e preservar o legado da família Williams para a próxima geração. No entanto, nossa necessidade de encontrar investimentos externos no início deste ano devido a uma série de fatores, muitos dos quais estavam fora de nosso controle, resultou na venda da equipe para Dorilton Capital.”, explica Claire.

A chefe de equipe acrescenta. “Minha família sempre colocou nossa equipe e nosso pessoal em primeiro lugar, e esta foi a decisão absolutamente certa. Eu sei que neles encontramos as pessoas certas para levar a Williams de volta à frente do grid, ao mesmo tempo preservando o legado Williams”.

Claire estava a frente da equipe desde 2013, tendo colo melhor resultado o terceiro lugar no Mundial de Construtores de 2014 e 2015. Porém nas últimas temporadas, o time começou a cair de rendimento ao mesmo tempo que as finanças da escuderia foram se comprometendo, com a Williams ficando na última posição do campeonato em 2018 e 2019.

A Williams é dona de nove títulos mundiais de construtores (1980, 1981, 1986, 1987, 1992, 1993, 1994, 1996 e 1997) e sete títulos mundiais de pilotos (1980, 1982, 1987, 1992, 1993, 1996 e 1997), além de 114 vitórias, 312 pódios e 128 poles-positions.

 

Foto - XPB

Moura Nápoli

Moura Nápoli

Nenhum comentário:

Postar um comentário

FÓRMULA 1: SCHUMACHER E MAZEPIN SEGUEM NA HAAS PARA 2022

APÓS ESTREIA NA CATEGORIA NESTE ANO, PILOTOS CONTINUAM NO GRID, NO ANO QUE VEM   Por Daniel Nápoli   Na última quinta-feira (23), a ...

OS GRANDES PARCEIROS

OS GRANDES PARCEIROS
Tecnologia do Blogger.