Últimas Notícias
recent

#TBT DO MOMENTO: ESTADOS UNIDOS X FRANÇA EM FINAIS OLÍMPICAS DO BASQUETE MASCULINO

SELEÇÕES QUE LUTAM PELO OURO EM TÓQUIO, JÁ SE ENFRENTARAM EM OUTRAS DUAS FINAIS



Por Daniel Nápoli

Nesta sexta-feira (6), às 23h30 (horário de Brasília), manhã de sábado (7), no horário japonês, Estados Unidos x França se enfrentarão na final do basquete masculino, nos Jogos Olímpicos de Tóquio-2020. Será a 17ª final olímpica dos norte-americanos e a segunda da história dos franceses.

Dessas, Estados Unidos x França se enfrentaram em duas delas e o #Tbt do Momento desta quinta-feira (5), recorda como foram esses confrontos.

O primeiro deles, ocorreu nos Jogos de Londres-1948. Após levar o ouro em Berlim-1936, na primeira edição do basquete masculino em Olimpíadas, os norte-americanos decidiram com os franceses a primeira edição do pós-guerra e venceram por 65 x 21.

Os Estados Unidos faturaram o bicampeonato olímpico dominando amplamente a partida e foram campeões com Clifford Barker, Don Barksdale, Ralph Beard Jr, Lewis Beck Jr, Vincent Boryla, Gordon Carpenter, Alexander Groza, Wallace Clayton Jones, Robert Kurland, Raymond Lumpp, Robert Pitts, Jesse Renick, Robert Robinson e Kenneth Rollins.

A França contava em seu grupo com: André Barrais, Michel Bonnevie, Andre Buffiere, René Chocat, René Dérency, Maurice Fernand Guillou, Desaymonnet, André Even, Maurice Girardot, Raymond Offner, Jacques Perrier, Yvan Quénin, Lucien Rebuffic e Pierre Thiolon.

A segunda final entre Estados Unidos x França, demorou para acontecer. Mais precisamente, 52 anos. A disputa pelo ouro foi válida pelos Jogos Olímpicos de Sydney-2000.

Os norte-americanos venceram por 87 x 75 e garantiram o 12º ouro de sua história na modalidade, Os Estados Unidos forma ainda campeões olímpicos em mais três oportunidades (Pequim-2008, Londres-2012 e Rio-2016).

Em Sydney-2000, os Estados Unidos jogaram com: Steve Smith, Gary Payton, Vince Carter, Ray Allen, Vin Baker, Kevin Garnett, Tim Hardaway, Allan Houstonn, Jason Kidd, Antonio McDyess, Alonzo Mourning e Shareef Abdur-Rahim.

Os franceses contara com: Jim Bilba, Yann Bonato, Makn Dioumassi, Laurent Foirest, Thierry Gadou, Cyril Julian, Henry Palmer, Antoine Rigaudeau, Stéphane Risacher, Laurent Sciarra, Moustapha Sonko e Frédéric Weis.

 

Foto - Divulgação

Moura Nápoli

Moura Nápoli

Nenhum comentário:

Postar um comentário

FAMÍLIA MALDINI: UMA DINASTIA DE TÍTULOS

TRÊS GERAÇÕES DO CLÃ TIVERAM A HONRA DE CONQUISTAR TÍTULOS PELO MILAN Por Daniel Nápoli A Família Maldini mais uma vez entrou para a histó...

O GRANDE PARCEIRO

Tecnologia do Blogger.