Últimas Notícias
recent

27 ANOS SEM AYRTON SENNA

AMANTES DO AUTOMOBILISMO RELEMBRAM O TRÁGICO 1 DE MAIO DE 1994 E EXALTAM LEGADO DO TRICAMPEÃO MUNDIAL



Por Daniel Nápoli

Neste sábado (1º), completa-se 27 anos da morte do tricampeão mundial de Fórmula 1, Ayrton Senna. O brasileiro faleceu aos 34 anos de idade, após acidente enquanto liderava o GP de San Marino de 1994, disputado em Ímola, na Itália.

Mesmo mais de duas décadas depois, as imagens que mostraram sua Williams saindo da pista a mais de 300 Km/h se chocando contra um muro, na curva Tamburello, seguem chocando. Aliás, não tem como ser diferente, passe o tempo que passar.

Hoje é um daqueles dias em que a saudade bate até mesmo naqueles que não eram nascidos na época. O mundo se despedia naquela data, de forma repentina, de um dos melhores esportistas de todos os tempos.

Não nos esqueçamos também que a morte de Senna não foi a única tragédia em San Marino, que ficou conhecido como o “final de semana macabro”.


No sábado, 30 de abril de 1994, o austríaco Roland Ratzenberger, da Simtek, morreu após sofrer acidente nos treinos de qualificação, quando a asa dianteira de seu carro se soltou, fazendo com que o piloto perdesse o controle de seu bólido e se chocasse contra o muro, na curva Villeneuve, a 314,9 km/h.


Na sexta-feira, 29 de abril de 1994, o brasileiro Rubens Barrichello, piloto da Jordan, sofreu um acidente nos treinos livres que quase lhe custaram a vida.

Para lembrar a data, o Momento do Esporte conversou com dois amantes do automobilismo, que reviveram aquele 1 de maio de 1994 e comentaram sobre o falecimento e o que representou e ainda representa Ayrton Senna. Confira!


Angelo Donadio - empresário/assessor técnico laboratorial

“Grande Prêmio de San Marino1994, triste lembrança, no treino livre de sexta-feira, Barrichello sofre grave acidente com sua Jordan, no sábado Ratzemberger morre em um acidente com sua Simtek e no domingo, Senna com 34 anos, morre em um acidente com sua Williams.

A partir dali muita coisa mudou na segurança dos pilotos, nos carros e nas pistas. Tempo passa muito rápido, faz 27 anos que Senna nos deixou, deixou um legado histórico no automobilismo. Em 11 temporadas, foram 11 monopostos para quatro equipes, desde a humilde Toleman, passando pela Lotus, McLaren e Williams. Três vezes campeão mundial (1988,1990 e 1991). Também foi vice-campeão no controverso campeonato de 1989 e em 1993.  

Senna de talento monstruoso aliava sua dedicação nos treinos, conhecimento técnico de seus carros, um estudioso de cada pista que competia e um tremendo amor às suas raízes e sua pátria. Deixou um legado e uma marca no automobilismo mundial, sendo o nome Ayrton Senna conhecido e respeitado no mundo inteiro”.

 


Rogério Moreira - publicitário

“Aquele 1ۛº de maio foi um daqueles dias em que todos se lembram exatamente do que estavam fazendo. O som da TV reinava absoluto pela casa. Todos mudos e com um grande aperto no coração parecendo prever o anúncio que viria a seguir.

Quando a notícia se confirmou parecia que um grande abismo se formou entre os dias e anos anteriores e o futuro, dali pra frente. Pra mim, o mundo nunca mais foi o mesmo...

Senna deixou um grande vazio e só então percebi o quão grande ele era. Sua imagem, sua garra, sua dedicação, seu caráter, sua lealdade, sua simplicidade e sua devoção a Deus.

Passados 27 anos posso dizer que em todos os dias me lembro dele e de alguma forma ele ajudou a formar meu caráter. Até hoje me emociono quando esse assunto surge. Se ouvir o ‘hino da vitória’ então, é difícil disfarçar as lágrimas.

Há alguns anos realizei um grande sonho que era dirigir pelas ruas de Mônaco, onde Senna fez história. Com lágrimas no rosto fiz o trajeto de carro e depois à pé. Garanto que foi umas das experiências mais emocionantes de minha vida.

Num país tão carente de heróis, Senna deixou um legado que poucos seres humanos conseguiram, em tão pouco tempo...”

Após final de  seu depoimento, Rogerio Moreira aproveitou para lembrar uma das frases mais impactantes de Ayrton Senna. “Sempre faça tudo com muito amor e muita fé em Deus, que um dia você chega lá”.

 

Fotos - Divulgação

 

Moura Nápoli

Moura Nápoli

Nenhum comentário:

Postar um comentário

FÓRMULA 1: VERSTAPPEN VENCE NOS ESTADOS UNIDOS

HOLANDÊS CONQUISTA A SUA 8ª VITÓRIA NA TEMPORADA 2021   Por Daniel Nápoli Neste domingo (24), Max Verstappen, da Red Bull, venceu o GP...

OS GRANDES PARCEIROS

OS GRANDES PARCEIROS
Tecnologia do Blogger.