Últimas Notícias
recent

JORNALISTAS OPINAM SOBRE PROPOSTA DE ALTERAR PERÍODO DE REALIZAÇÃO DA COPA DO MUNDO

AO MOMENTO DO ESPORTE, ALEX FERREIRA, JÉSSICA CORSI E VANDER LUIZ ROSA ANALISAM


Por Daniel Nápoli

Há meses, a FIFA criou um grupo para elaborar mudanças no calendário do futebol a partir de 2025 e entre essas alterações está a proposta de fazer com que a Copa do Mundo deixe de ser realizada a cada quatro anos e seja disputada em um intervalo de dois anos.

A proposta vem gerando muitas críticas de confederações como a UEFA e a Conmebol, além da Associação de Ligas de Clubes, pois uma mudança de tal porte, mexeria e muito no calendário. Para conseguir colocar em prática a mudança, a FIFA precisa da aprovação da maioria de seus filiados (são 211 ao todo).

Nas últimas semanas, o mundo do futebol vem debatendo a respeito do assunto com mais ênfase. De um lado, os defensores de manter a atual periodicidade do Mundial, alegam que quatro anos é um intervalo suficiente para a realização da competição, pois além de valorizar a disputa, valoriza também as demais competições tanto de seleções quanto de clubes.

 Já os que defendem a alteração, usam como argumento um maior número de oportunidades para que craques possam disputar e ganhar a principal competição do futebol.

 

Diante disso, o Momento do Esporte ouviu três jornalistas a respeito. Confira suas opiniões!

 

Alex Ferreira

A realização da Copa do Mundo de dois em dois anos não é bom para o futebol, não é bom para os clubes, não é bom para os jogadores e não é bom para o torcedor. Perde-se o valor da conquista pela proximidade de uma competição da outra e deixa mais bagunçado ou mais pesado ainda o calendário do futebol mundial. O nosso, o brasileiro, já não consegue se organizar com uma Copa de quatro em quatro, de dois em dois acredito que fique ainda pior.

 As ligas do futebol europeu também sofrerão com isso, porque são os clubes que pagam esses jogadores, os principais que vão representar suas seleções e os clubes acabam ficando no prejuízo. Não vejo com bons olhos a Copa do Mundo de dois em dois anos. A Copa do Mundo sempre foi de quatro em quatro, o processo já é muito bem feito e se tem valor essa espera para ver qual é a principal seleção do mundo.

 

Jéssica Corsi


Eu sou muito a favor da Copa do Mundo ser realizada de dois em dois anos. Acho que o futebol merece esse prestígio maior, que os países ou as seleções tenham mais oportunidades, tendo em vista que muitos jogadores tem o seu auge em determinados momentos e acabam passando e esses quatro anos acabam sendo muito tarde e algumas seleções acabam deixando de ser prestigiadas. Não só as seleções, mas os países vão ser beneficiados com isso, bem como alguns jogadores que estão em uma fase incrível. Para que o mundo possa ter uma celebração maior do futebol e não fiquemos só nos clubes estaduais, nacionais e internacionais. E que o nosso Brasil possa ter mais oportunidades também de acordo com o momento e possamos conquistar mais títulos”.

 

Vander Luiz Rosa

A questão não é a realização da Copa do Mundo a cada dois anos ou a cada quatro anos. Houve um momento em que essa discussão já teve peso maior, porque a Copa do Mundo despertava mais interesse. O que a gente tem percebido é que a Copa do Mundo está perdendo interesse e não vai ser o fato de reduzir o período, passando a realiza-la a cada dois anos é que vai mudar isso. Os campeonatos envolvendo clubes estão atraindo muito mais atenção do que a Copa do Mundo. Eu acho que a discussão nesse momento não é fazer uma Copa do Mundo a cada dois anos, é fazer com que a Copa do Mundo reconquiste o espaço que perdeu nos últimos anos. A gente não consegue sentir na Copa do Mundo aquela mesma tensão que você tinha em um período atrás. Quando terminou a Copa do Mundo de 1982, a gente já ficou naquela expectativa pela Copa do Mundo de 1986 que era para ser realizada na Colômbia (e acabou ocorrendo no México), tinha até uma propaganda da TV Mitsubishi garantida até a Copa do Mundo de 1986, se tinha uma expectativa muito grande.

A Copa do Mundo perdeu espaço. Cito até mesmo a Seleção Brasileira, que perdeu espaço para o torcedor. O que precisa ser feito é a Seleção Brasileira reconquistar o torcedor, a Copa do Mundo reconquistar o torcedor. Hoje existe muito mais interesse em campeonatos envolvendo clubes, onde você tem verdadeiras seleções e atletas de várias nacionalidades.

 

Fotos – Divulgação – FIFA/Arquivo pessoal

Moura Nápoli

Moura Nápoli

Nenhum comentário:

Postar um comentário

MANAUS EMPATA EM CASA E SEGUE LÍDER

TORCIDA MANAUARA QUERIA UMA FESATA QUE NÃO ACONTYECEU, MAS EMPATE FOI BOM RESULTADO. YPIRANGA EM PÉSSIMA SITUAÇÃO Mesmo jogando fora de casa...

OS GRANDES PARCEIROS

OS GRANDES PARCEIROS
Tecnologia do Blogger.