Últimas Notícias
recent

CRISTAL ROCHA SUPERA BARREIRAS E PRECONCEITOS PARA BRILHAR

“EMBAIXADORA DO BASQUETE” 3X3 NACIONAL FOI ATRÁS DE CRESCIMENTO



Fazer planos para o futuro é sempre uma coisa altamente salutar, contudo se preparar para colocar esses objetivos em desenvolvimento e em prática é melhor ainda. Isso vem acontecendo com Cristal Rocha, um dos grandes nomes do Basquete 3x3 brasileiro, que não ficou estacionada com o reconhecimento de ser a ‘Embaixadora do Basquete 3x3’ nacional e foi atrás de crescimento.

A incansável buscou conhecimento, participando de cursos, workshops, assistindo palestras e coisas do gênero, justamente para atingir o patamar que ocupa hoje, ministrando aulas de basquete em alto nível, no estilo personal trainner, para atletas de todas as idades, masculino e feminino, nos mais diversos patamares. Cristal realiza trabalhos individuais e personalizados para novatos, jovens da base e de atletas já consagrados.

Para ser mais exato, Rocha idealiza ‘Programas de Treinos Específicos’, visando à manutenção, desenvolvimento e aprimoramento dos fundamentos individuais dentro das possibilidades do jogo. “Me considero umas das pioneiras no Brasil, já que me especializei como treinadora fundamentalista, que nos Estados Unidos é muito comum atletas em offseason (pré ou pós temporada) contratar treinadores especialistas para treiná-los. Os norte-americanos dão muito importância ao processo e busquei essa cultura e implantei aqui; e os atletas brasileiros estão entendendo a importância de se manterem ativos nas férias”, explica Cristal, que além de angariar toda experiência de quem esteve em quadra, é também graduada em Educação Física e pós-graduada em Esporte de Alto Rendimento pelo COB/IOB/ABT.

“Treino atletas como, por exemplo, a ala/pivô Damiris Dantas, que é a única brasileira na WNBA (versão feminina da liga profissional norte-americana). Além disso, trabalho com jogadores que disputam o Novo Basquete Brasil (NBB) e Campeonato Brasileiro Adulto (CBB) Campeonatos Brasileiros de base (CBB/CBC); atletas FIBA3x3, jovens e iniciantes”, acrescenta Cristal, que também possui certificação internacional da I’m Possible Training (USA) e certificação PGC Basketball (USA).

O programa elaborado pela treinadora segue pilares importantes: Footwork (trabalho dos pés), Ball Handling (ação das mãos), Shooting (variações de arremessos), Driving (variações e criação de espaço), Finishing (variações bandejas), Passing (variações de passes), Defense (ações defensivas), Força, Equilíbrio, Coordenação, Controle e Transferência de Energia. Esses direcionados ao trabalho de habilidades. Além da mentalidade no processo do jogo: conceitos, leituras, sistemas, estratégias e análise de movimento.

Para que esse belo trabalho não fosse brecado, por conta dos altos e baixos da pandemia de coronavírus, Cristal se reinventou mais uma vez. “Neste momento que estamos vivendo, organizei estratégia para alcançar mais atletas, melhorei ainda mais as minhas mídias digitais, firmando parceria com a plataforma FAMER (método Skills Lab) para incluir meus treinos de basquete de maneira digital; desta forma, os atletas podem baixar o aplicativo e treinar sozinhos de qualquer lugar do Brasil ou mundo”, relata.

“Os treinos são todos organizados e sistematizados, contendo vídeos explicativos e demonstrando os exercícios todos gravados por mim. Os atletas recebem toda semana um cronograma e uma programação dos exercícios dentro do perfil criados ao adquirir esse programa de treinos”, complementou.

A treinadora explica que o acesso é mensal. “O investimento é de apenas 5 reais por dia, que somando fica em 150 reais por mês, para receber treinos planejados individualmente toda semana e com acompanhando em tempo real. Os usuários podem enviar vídeos executando as tarefas/exercícios e posso corrigi-los reenviando o mesmo vídeo, com correções em pequenos gráficos de correções”, observa Rocha, que é uma das criadoras do Curso Basquete em Casa (2020)/Neurociência no Basquete.

Com todo esse caminho percorrido e muita estrada para seguir, Cristal Rocha, que quebrou barreira e venceu preconceitos, não cansa de buscar novos desafios. “Estudo todos os dias para entregar o meu melhor a cada um. Amo o que faço, então se torna muito prazeroso. Quero ver em breve os clubes contratando profissionais como eu, especialistas, para elevar ainda mais o nível técnico dos atletas e do basquete brasileiro, como já acontece em grandes centros da modalidade ao redor do mundo”, finalizou.

Com informações do jornalista Frederico Batalha.

 

Foto - Divulgação

Moura Nápoli

Moura Nápoli

Nenhum comentário:

Postar um comentário

CRICIÚMA TROPEÇA EM CASA E BENEFICIA ITUANO

CRICIÚMA TROPEÇA EM CASA, MAS AINDA ASSIM SAI NO LUCRO Criciúma e Botafogo/PB fizeram o primeiro confronto da história e ficaram no 0x0, e...

OS GRANDES PARCEIROS

OS GRANDES PARCEIROS
Tecnologia do Blogger.